Você não está conectado. Conecte-se ou registre-se

Entrevista com Flávio Álvaro

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo  Mensagem [Página 1 de 1]

1 Entrevista com Flávio Álvaro em Seg 24 Mar - 11:21:03

Entrevista com Flávio Álvaro



Considerado pelo site da Globo.com o melhor lutador de MMA atuando em território nacional, tido como um nome sempre cotado para o UFC, o peso-pena Flávio Álvaro é conhecido no meio como “Legendary” (Legendário).

Dono de um cartel com mais de 50 lutas no cage, 46 vitórias e 10 derrotas, Álvaro na semana passada superou Adson Lira, o “Preguiça” e no próximo mês lutará nos EUA contra Donald Sanchez. No passado participou do violento Rio Heroes e foi criticado na imprensa pelo ex-campeão mundial do UFC Vitor Belfort.

Recentemente perdeu sua principal apoiadora, sua mãe Dona Geni. Em entrevista exclusiva ao Terceiro Tempo fala da relação com ela, a passagem pelo Rio Heroes, a tensão com Belfort e outros rivais além de racismo no Brasil.

Como foi seu início no mundo das lutas?

Meu início no mundo das lutas foi igual a da maioria dos pobres, fui atrás de um sonho e fugindo de um pesadelo. Tive sorte por escolher um esporte que consegui usar minhas habilidades e vontade com toda energia.

Uma figura muito presente em sua trajetória é sua mãe. Como era a relação dela com seu trabalho e quais lições lhe deixou?

Minha mãe foi a maior guerreira da terra, criou três filhos sozinha e lutou muito por nós. Nunca desistiu da gente mesmo quando nós já tínhamos desistido. Minha heroína, minha rainha, meu tudo.

Você já participou do Rio Heroes, evento clandestino de MMA. O que pode falar desta experiência?

O Rio Heroes foi maravilhoso, a melhor experiência que tive como lutador, ali eu era o rei... Eu era imbatível. Nasci naquele tipo de confronto, era algo especial e só quem participou sabe do que estou falando.

Na época foi muito criticado por Vitor Belfort. O que aconteceu de lá para cá desde os comentários dele? Ele mudou de posição?

O Vitor é um playboy babaca que nunca teve que lutar para comer ou dar o que comer para sua família, sempre foi rico e teve tudo nas mãos, ele nunca esteve em posição para nos criticar e nunca vai estar, então deveria fazer um favor a todos e calar a enorme boca dele.

Recentemente Belfort não pôde lutar com Chris Weidman dado não poder realizar seu tratamento de TRT e a proibição do mesmo pela Comissão Atlética de Nevada. O que pode declarar desta ocorrência?

Todos tomam ou tomaram anabolizantes, isso não é algo que vai só sobre os ombros dele, mas ele se coloca sempre como o homem perfeito, o cara que não tem erros ou pecados, que não assume suas fraquezas, então teve que se dar mal e eu achei bem feito para assim saberem que ele é um pecador igual a todos nós e que por trás daquele ar de bom moço existe um vilão.

Você gostaria ou já buscou enfrentá-lo no octógono?

Não me interessa lutar com ele, seria até desigual pelo peso que ele tem e força, mas se fossemos na rua sem regras e nem juiz, sou mais eu.

Há outro lutador com o qual tenha também grande rivalidade? Por quê?

Sim, com o Udi Lima e o Viscardi (Andrade), essa cambada de fracassados. Não gosto deles, são inimigos.

Recentemente em seu Facebook iniciou uma campanha contra o racismo e afirma que o único meio que foi bem recebido é o das lutas. Em pleno século XXI por quê o racismo é ainda presente na sociedade brasileira?

Sim, quero mobilizar o meio esportivo e mostrar que nós praticantes de artes marciais somos referência de respeito e educação. Sempre fui tratado bem, como nunca tinha sido em minha vida, passei por várias situações de racismo e preconceito por causa da minha cor e também da minha classe social. Mas com o tempo parei de sofrer por causa disso, eu aprendi a gostar mais de mim e a gostar de quem não gosta de mim, não me sinto inferior a ninguém, eu tenho muito orgulho do que eu sou e das minhas origens. E quero passar isso a todos que estão passando por situações parecidas e digo isto não por não ser mais discriminado – como antes –, mas porque isto não me afeta mais tanto. Aprendi que eles têm problemas e não eu.


http://terceirotempo.bol.uol.com.br/noticias/entrevista-com-flavio-alvaro


_________________
Ver perfil do usuário

2 Re: Entrevista com Flávio Álvaro em Seg 24 Mar - 12:19:13

Odeio esses papos de "mano vida loka".

Um bando de malvadão até levar o primeiro sopapo.


_________________
VOLTA, WILLIAN!
Ver perfil do usuário

3 Re: Entrevista com Flávio Álvaro em Seg 24 Mar - 12:20:13

Prestem atenção no que ele falou:

"Recentemente Belfort não pôde lutar com Chris Weidman dado não poder realizar seu tratamento de TRT e a proibição do mesmo pela Comissão Atlética de Nevada. O que pode declarar desta ocorrência?

Todos tomam ou tomaram anabolizantes, isso não é algo que vai só sobre os ombros dele, mas ele se coloca sempre como o homem perfeito, o cara que não tem erros ou pecados, que não assume suas fraquezas, então teve que se dar mal e eu achei bem feito para assim saberem que ele é um pecador igual a todos nós e que por trás daquele ar de bom moço existe um vilão."


_________________
VOLTA, WILLIAN!
Ver perfil do usuário

4 Re: Entrevista com Flávio Álvaro em Seg 24 Mar - 15:22:15

Smasher escreveu:Prestem atenção no que ele falou:

"Recentemente Belfort não pôde lutar com Chris Weidman dado não poder realizar seu tratamento de TRT e a proibição do mesmo pela Comissão Atlética de Nevada. O que pode declarar desta ocorrência?

Todos tomam ou tomaram anabolizantes, isso não é algo que vai só sobre os ombros dele, mas ele se coloca sempre como o homem perfeito, o cara que não tem erros ou pecados, que não assume suas fraquezas, então teve que se dar mal e eu achei bem feito para assim saberem que ele é um pecador igual a todos nós e que por trás daquele ar de bom moço existe um vilão."

Também lembrei de vc qdo li essa parte.

Também não curto essa coisa de VIDA LOKA, mas ele está certo ao dizer que Belfort nasceu em berço de ouro, portanto não conhece as dificuldades da vida.


_________________
VOLTA, WILLIANMMA! ESTE FÓRUM NÃO É O MESMO SEM VOCÊ!

Ver perfil do usuário

5 Re: Entrevista com Flávio Álvaro em Ter 25 Mar - 20:46:07

Achava que era só eu que não tinha ido com a cara do Viscardi Andrade...


_________________
GSP, mesmo não sendo mais campeão, vai derrotar qualquer um que aparecer. Ele perderá quando enfrentar Matt Brown porque perdeu pra Hughes e Serra.

Carlos Condit rumo à cinta da WW! Lawler VS Condit II pra ontem!

Status atual: torcendo pra criarem a categoria cruzador (até 106kg ou 235lbs) no UFC porque é muita diferença de peso entre LHW e HW, pro UFC abrir mais categorias femininas e pro UFC voltar a ter concorrentes de peso tipo o WEC, o PRIDE e o Strikeforce. Ray Sefo e Scott Coker, tamo junto! Reebok, pro inferno!

Khabib Nurmagomedov será o primeiro campeão russo do UFC. Isso é, se o UFC for justo e ele deixar de ser de vidro.

TUF de FLYs, aí sim!

MMA é o esporte mais previsível onde imprevistos acontecem, porque não importa se a luta é entre Matt Hamill e Ryan Bader ou entre Rashad Evans e King Mo, ou então entre Fedor Emelianenko e Joe Kavey ou entre Jon Jones e Craig Allen: fechou o cage, qualquer um dos dois pode ganhar.
Ver perfil do usuário

Conteúdo patrocinado


Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo  Mensagem [Página 1 de 1]

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum